Mega Resenha: Sakurasou na Pet na Kanojo - Anime


Olá amigos marcianos! Eu sei que sempre sumo e volto, mas uma das minhas metas para 2016 é levar o blog mais a sério, e essa ideia está se tornando cada vez mais forte, então, nada como uma super resenha fresquinha para começar o ano, não? Eu terminei Sakurasou na Pet na Kanojo em dois dias e acho que descobri que tenho algum tipo de depressão pós-anime. Eu sei, eu sei que parece estranho, mas é verdade sim. Eu sempre fico incrivelmente mal quando acabo algum anime, ainda não superei o final de Clannad e acredite, está se tornando cada vez mais difícil ver alguma imagem do anime sem sentir as lágrimas começarem a brotar aoskooakoska. Mas enfim, eu não achei o mangá de Sakurasou completo, nem mesmo para download, mas achei o anime muito bem adaptado e digno de uma mega resenha. Bora?

Informações Básicas
Título: Sakurasou na Pet na Kanojo: 24 episódios + 10 volumes 
Gênero: Slice of Life, Drama, Romance, Comédia, Vida Escolar
Autora: Hajime Kamoshida
Sinopse:  Kanda Sorata é um aluno do 2º ano que mora no dormitório para alunos problemáticos da sua escola. Um dia, Shiina Mashiro, uma artista brilhante, muda-se para o dormitório, Sakurasou. Sorata se vê na obrigação de proteger a nova e linda inquilina dos malucos que moram no dormitório, embora a própria Mashiro tenha um segredo. Ela não tem a mínima ideia de como viver sozinha e cuidar de si própria. Quando sai, ela acaba se perdendo e seu quarto é uma bagunça absurda. Descobrindo isso, os outros inquilinos nomeiam Sorata como "mestre" de Mashiro, e é assim que um garoto comum e ma linda e brilhante garota acabam tendo que viver como mestre e animal de estimação.

Personagens
Kanda Sorata: Como pode-ser perceber, o Kanda é o protagonista da série. Eu não tenho muito a falar sobre ele, provavelmente de todos moradores de Sakurasou, ele é o mais "normal" e "comum", e isso é um fator muito bem explorado no anime. Pôde-se ver um amadurecimento muito grande por parte dele no anime, porque inicialmente ele se sentia de certa forma, inferior, visto que todos ali pareciam ser grandes gênios, por mais esquisitos que fossem. Mas, no decorrer da história, ele foi se familiarizando com eles e os laços foram ficando mais fortes. 
Shiina Mashiro: Shiina é a prima da Chihiro, a única professora que mora no Sakurasou. Como contado na sinopse, ela morou na Inglaterra e era uma artista (e ainda é) muito reconhecida. Não tenho palavras para descrever como ela é mordível! Shiina é o tipo de personagem que tem sentimentos, mas não demonstra emoções. Ela está sempre em busca de novos conhecimentos e é legal ver a sua evolução no anime. Antes, ela vivia para desenhar mangá, mas com o passar do tempo, ela começou a procurar ser uma garota normal, e fazer coisas que pessoas normais normalmente fazem (q'). Tenho certeza que vocês irão ter muitas hemorragias com ela. É engraçado como ela coloca o Sorata em situações difíceis às vezes, dizendo coisas que podem ser  facilmente interpretadas no segundo sentindo, hehehe ( ͡° ͜ʖ ͡°).     

Nanami Aoyama: Com certeza a minha segunda personagem preferida. Ela  é a típica amiga de infância do protagonista; tsundere, compreensiva e fofa. Vi muitos comentários ruins a respeito dela, mas isso é algo que não consigo entender de modo algum. Inicialmente, eu pensei que ela seria uma personagem chata que arruinaria meu shipp, mas foi justamente o contrário. Nanami me surpreendeu, ela conseguiu ser uma das melhores personagens do anime. A relação dela com a Shiina é tão <3. Enfim, Aoyama sonha em ser uma dubladora, então ela tem muitos empregos para conseguir pagar o curso de áudio. Ela fugiu de casa, já que seu pai não aceitava a profissão que ela queria seguir, e desde então pôs-se a sustentar a si mesma para conseguir ir atrás do que queria. A persistência e o seu jeito de sempre dar o melhor que pode em tudo o que faz, foram as características que me atraíram nela. Quem assistir o anime com certeza vai ficar com um nó no coração várias vezes. Ah, e ela é super shippável com o Kanda, licença.           
Misaki Kamiigusa: O que dizer dessa personagem incrivelmente, maravilhosamente, estupendamente fodástica? Minha personagem preferida sem dúvidas. O que posso dizer sobre ela é que ela é famosa por ter criado um anime sozinha e por seu talento com animações. Ela tem uma personalidade bem "explosiva" e enérgica, e isso que eu amo nela. O jeito como ela corre atrás do que quer, e faz o que quer é impressionante. Você pode ver a profundidade da personagem dela no penúltimo episódio, quando ela dá um discurso de partir o kokoro mesmo, mas não vou entrar em detalhes agora. 
Jin Mitaka: Aaah, Jin...♥. Bem, ele é o  pegador maravilhosamente dlç do pedaço, não tem como não se apaixonar por ele. Também é um amigo de infância da Misaki e a ajuda com o roteiro de suas animações, então assim como ela, ele é muito famoso também. Não é mostrado muito de seu passado no anime, mas nem dei por falta, afinal...bem, terão de descobrir sozinhos. 
Ryuunosuke Akasaka: O personagem mais perfeito do anime inteiro. Não tem como não amar o Ryuunosuke. Sua identidade verdadeira só é mostrada depois de um tempo no anime, mas acredite, ele é o cúmulo da perfeição de qualquer jeito. Bem, ele é um programador de jogos e raramente vai para a escola. Ele também costuma se comunicar com outras pessoas por e-mail ou a partir de um programa AI automático que ele mesmo criou, chamado "Maid-chan". Ele é extremamente inteligente, observador e reservado. Às vezes ele parece ser muito duro com os outros personagens, mas faz parte de quem ele é. Para mostrar o quanto meu bebê é lispector: "O amor é um defeito nas funções elétricas do cérebro. Você deveria jogar suas emoções desnecessárias naquela lata de lixo."Ah, e shippem-no com a Rita. Obrigada, de nada. 
Rita Ainsworth: Aparentemente, ela é prima da Shiina também, mas eu não tenho tanta certeza (culpem a wiki!). Ela também é uma pintora muito reconhecida e ela "trabalhava" com a Shiina no atelier de seu avô. Por algumas razões, ela volta para o Japão com o objetivo de levar Mashiro de volta para Inglaterra. Não tem muito o que falar sobre ela, além de que ela possuí um passado bem triste e solitário. E que eÉ com ela mesma que você deve shippar o Ryuunosuke. Aaaah, eles são tão perfeitos juntos *O* 
Chihiro Sengoku: Apenas a professora vagabunda que merece um head-shot. Apesar de meio malandra, ela fala algumas coisas bonitas como professora às vezes. Dá para ver que ela realmente se importa com seus alunos, por mais que tente não demonstrar isso. Sou fã dela, de qualquer forma <3. Ahasa. 



Parte Técnica + Comentários
Bem, como eu mencionei lá em cima, o anime foi muito bem adaptado. Os design characters são muito bonitos e o estúdio que ficou responsável pela animação usou cores bem vivas e vibrantes. Eu gosto de animes com as cores mais, digamos..."pasteis", mas cores vibrantes deixam o anime mais harmonioso. As vozes combinaram muito bem com cada personagem, sério, ficou simplesmente incrível. As openings e endings todas muito bem feitinhas, aquelas músicas que dá gosto de ouvir. Posso parecer estar puxando saco, mas pela primeira vez, eu achei que a arte do anime ultrapassou a do mangá. Confesso que no primeiro episódio, quando vi o prédio da Sakurasou, eu pensei "Que bosta, hem", mas os cenários combinaram bem com todas as cenas. E o que falar dos personagens? Todos perfeitos! Apesar do clichê do protagonista que tem uma vida entediante e encontra uma garota que deixa tudo vid4 lok4, não fiquei com a impressão daquela coisa genérica, sabe? Pois bem, agora vamos a parte que interessa.


Eu confesso ter um pouco de preconceito com ecchis, então eu evito animes assim o máximo que posso - o que é bem difícil de acontecer visto que 96,99% dos animes tem aquele toque "fan service".  Aquele "pet" no título então ferrou com tudo.  Apesar dos personagens lindos, algumas imagens que eu via pela internet me deixavam um pouco desinteressada, mas eu admito que me surpreendi. E muito. Os primeiros episódios não foram tããão interessantes, mas como uma boa fã de comédia, eu me obriguei a assistir o resto. A partir do sexto episódio, as coisas foram ficando tensas. Falemos então mais um pouco sobre os personagens. Algo que eu citei acima, foi o quanto gostei de como o anime nos mostrou o amadurecimento de cada personagem. Quando a Shiina chegou na Sakurasou, ela mal falava. As suas palavras eram sempre destinadas ao Sorata, e ela parecia estar simplesmente desligada do mundo. Assim como muitas vezes citado no anime, ela parecia viver para desenhar mangás. Sua vida era completamente baseada nisso. 
Estava tão desconectada do mundo exterior, que acabou se tornando incapaz de cuidar de si mesma. Se compararmos a Shiina do primeiro episódio, com a do último, podemos ver claramente que ela mudou. Isso foi muito mencionando no anime. Isso foi questionado pela editora da Mashiro. Afinal, ser uma pessoa normal não é ruim. Mas vale a pena alguém que enxerga o mundo de forma única, tentar simplesmente apagar isso? O Kanda muitas vezes se viu jogado na parede por conta disso. Afinal, vê-la trabalhar tão arduamente, foi o que motivo a levantar a bunda gorda e tentar fazer algo de útil. Ele até mesmo chegou a dizer que preferia a antiga Shiina, mas muitas vezes ele via-se gritando com ela ou se autocriticando por não ser capaz de alcançá-la. Sorata falhou muitas vezes no anime, mas eu acho que com o passar do tempo, ele foi se tornando capaz de aceitar a derrota e tentar novamente. E de novo. E de novo. E mais uma vez. Até estar satisfeito consigo mesmo e orgulhoso. Esse foi um ponto muito bem desenvolvido no anime, aliás, todos os pontos foram muito bem fechados e trabalhados. A Nanami também foi uma personagem muito bem trabalhada e desenvolvida. A garota era o máximo! Ela trabalho duro para conseguir pagar o curso de áudio, ela superou as próprias expectativas. Quero dizer, ela não tinha o apoio dos pais, tampouco dinheiro para pagar o curso e posteriormente a faculdade, mas mesmo assim ela não desistiu. Eu fiquei com um aperto muito forte no coração no episódio em que ela ficou doente no dia de um teste, com certeza foi nesta parte do anime em que ela mais trabalho duro. Apesar de todos os empregos, as responsabilidades da escola e ainda o dever de cuidar da Shiina, ela
não queria parar por nada. Claro que ela ficou mal por ficar várias noites sem dormir, não parando nem para comer ou descansar, mas era algo que ela não podia evitar. Se ela não pagasse as próprias aulas, então quem pagaria? Além do mais, ela se viu na obrigação de cuidar da Shiina. [spoiler] Mas teve uma hora em que simplesmente não deu mais para aguentar. Achei muito digno a Shiina ter pedido para que os outros deixassem-na ir ao teste, afinal, ela mais do que ninguém sabia o quanto a Aoyama vinha se esforçando. A cena dela correndo desesperadamente com a Nanami até o táxi me emocionou muito. Mesmo assim, no entanto, ela falhou. Acho que era de se esperar, visto que não estava em condições de sair de casa[fim do spoiler] Com certeza, ela foi a personagem que mais se esforçou no anime e tentou sempre dar tudo de si. E ela conseguiu. E, mesmo claramente gostando do Sorata, a relação dela com a Shiina sempre foi muito boa e eu acho que ela sempre tentou considerar ao máximo as emoções do Kanda. Mesmo alguns acontecimentos posteriores terem me deixado aos prantos, [spoiler] ela com certeza fez a coisa certa no final, indo até Osaka para tentar convencer o pai de que estava séria sobre a faculdade de artes[fim do spoiler] No fim de tudo, creio que ela só queria alguém que reconhecesse todos os esforços que ela fez, tudo o que ela passou para tentar conquistar as coisas que queria. 
Outra personagem que me tocou do início ao fim foi a Misaki. Inicialmente, somos apresentados a uma garota alegre, extrovertida e animada, e ela é, mas a questão é que a Misaki é uma personagem muito mais profunda do que parece. Creio que, se não a mais, ela é uma das personagens mais solitárias do anime inteiro. Estava sempre perambulando por aí sorridente, e claro, ela tinha o Jin quando mais nova, mas mesmo assim parecia sempre estar escondendo algo. Sua agitação toda era para curar a ferida das outras pessoas, enquanto as suas, continuavam abertas e expostas. Eu acho que personagens assim são os melhores, e para falar a verdade, eu me surpreendi muito com ela. Como uma aluna do terceiro ano, ela esteve o tempo todo ciente de que logo iria se separar do resto do grupo, e por isso tentou fazer daquele ano, o melhor de todos. Acho que nem preciso dizer o quanto me emocionei com o discurso dela no episódio 23. Acho que todos da Sakurasou sempre formaram uma grande família, sem um deles, então não seria a mesma coisa. Acho que de todos os personagens, ela quem mais reconheceu a relação que tinha com cada um e o quanto todos ali eram importantes. Acho que não tem nada mais triste do que discursos ou mortes em animes </3. A Misaki também parecia sofrer muito por causa [spoiler] do Jin [/spoiler] (acho que não é spoiler, mas vai que, né), vê-la sempre deprimida me partia o coração. 
Mas fora o drama todo e as cenas comoventes, Sakurasou foi um ótimo anime de comédia e me rendeu muitas risadas. Acho que o importante num anime assim é sempre manter os gêneros lado a lado, mas com cuidado para não abusar deles. Isso foi algo que Sakurasou conseguiu fazer muito bem, em um episódio eu ria até chorar, e no outro, eu chorava até rir. Ele facilmente se tornou um dos meus animes preferidos. E mesmo com a formatura de alguns personagens (ah, por favor, isso não é spoiler) o final excedeu as minhas expectativas. Mas acho que só irei convencê-los se assistirem! Muitos pontos nesta resenha, no entanto, ficaram em branco, mas se eu falasse demais, então acabaria por ser uma análise de cada episódio, e não uma resenha ahueheuhe.
Mas enfim, acho que a história do mangá foi muito bem aproveitada, se eu tivesse de descrever Sakurasou na Pet na Kanojo em uma palavra, ela seria: excepcional. Todo episódio me deixava com aquele gostinho de quero mais, e saber desenvolver a relação entre os personagens e a história deles são coisas que eu preso muito em um anime. Sou muito chata com esse tipo de coisa, então facilmente abandono animes por não souberem aproveitar nadica de bom
Para acabar essa resenha, então, digo que Sakurasou foi um anime muito divertido e gostoso de assistir. A única coisa que não gostei no anime foi a irmã do Sorata ali para atrapalhar tudo. Não sei vocês, mas eu odeio quando as irmãs mais novas aparecem neste tipo de anime e fica aquela coisa de "o onii-chan é só meu" "ai mds, que indecente x_x", mas nada muito grave -q. Este é o tipo de anime que eu poderia assistir de novo e de novo, sem me cansar. Talvez seja meio tarde para falar isso, mas um dos episódios que mais gostei foi o da feira cultural e o da festa de boas-vindas da Nanami x) É muito bom ver todos eles se divertido juntos. Então, eu fico por aqui! Até logo pexoas, espero que tenham gostado e tido paciência para ler tudo. Eu dei o meu máximo para mostrar o potencial deste anime - embora queria ter escrito mais e veja bem, demorei pakas para fazer esta resenha. o/ Ein...mas acho que dá para o gasto. E apesar da imagem ali em cima, eu super shippo Shiina x Kanda *O*
Ah, e sobre o final, só uma coisa: TOMATES SÃO SUPERIORES.


"Aposto que a rabo de cavalo já está chorando
com os olhos dela para fora".
— Ryuunouke Akasaka

5 comentários:

  1. Oi Nagisa <3 prazer!
    Adorei o tema do anime, e achei sua resenha bem bacana. Não conhecia o título e fiquei animada pra ver - e não sei, acho que shippei o protagonista com a amiga dele pelas imagens, ou talvez porque eu não tenho muito apego com personagens loiras o_o Vá entender.
    Amei o character design e vou me atentar ao desenvolvimento as personagens, que parece ser bem marcante nesse títlo <3 obrigada pela indicação!

    Btw, eu também sofro de depressão pós-anime, no geral é isso que me faz caçar fanarts e fanfics uwu super digno moça, super digno!

    Percebi que você já passa pelo Hishoku faz algum tempo? hahaha! xD Seja bem-vina <3 e olha, pra fazer layouts bonitos é questão de praticar, viu? uwu Eu particularmente só masterizei o html normal, se me pedir um layout pro blogger novo (xml) eu sou uma verdadeira newbie nessa arte, HAHAHA! Mas eu adorei a carinha do seu blog, principalmente as cores <3

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Shana! O prazer é todo meu!
      Muito obrigada, eu realmente fiquei me perguntando se a resenha estava legal ~sabe como é. Acho que não simpatizo muito com personagens loiras também não! E sinceramente, na maioria das vezes eu prefiro que o protagonista fique com a amiga de infância xDD Mas depende muito. AHUHSUHAUSHUAHS
      Que isso, eu que agradeço pelos elogios asjoakskas <3

      Pois é, isso sempre acontece comigo. Daí eu começo a caçar fanarts e fanfics que nem uma louca! Ahsuhauhsuahs

      Sim, é verdade. Apesar de não comentar muito, acompanho já há um tempinho, mas muito obrigada <3 AHSUHAUSAHSHAS Se eu já não me dou bem com o blogger novo, imagina os layouts do clássico! Me parece simples, mas tão difícil ao mesmo tempo! Acho que já me habituei com esse ahahaha. Obrigadinha, estou pensando em trocar o layout novamente! ^u^


      Bye-bye~ ♥

      Excluir
  2. Oi de novo Nagisa <3 eu sei que já comentei esse post, mas queria responder seu comentário lá no blog (MIL ANOS DEPOIS EU SEI, MAS O QUE VALE É A INTENÇÃO!)
    Primeiro, muito obrigada pelos parabéns <3 fico feliz com as felicitações, e nada te impede de ser fofa só porque ~não nos conhecemos bem~ que isso menine, podemos nos conhecer agora já vemk *samba*
    Segundo: Hachi! O Hachi fica na galvão bueno, a rua principal ali da Liberdade, mas é lááááá pro final dela, é uns 10 ou 15 minutos caminhando, bem depois do hospital, dos restaurantes... ele é isolado, hahahaha! Mas vale a pena, ele é gostoso, o ambiente é agradável e o principal, é muito em conta! Vale a pena :)

    Beijinhos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Shana! Não tem problema, a culpa é minha por demorar cinco anos para escrever um novo post AHUSHUAHUSHAUHS
      Awn, fico feliz por você \^o^/ Espero que curta bastante os seus 23 aninhos! E bem, aceito o convite *dança*
      Como assim! Eu não acredito que nunca encontrei, sério! Pelo menos agora eu sei onde é, ahahaha, obrigada pela ajuda e indicação :D

      Bye-bye~ ♥

      Excluir
  3. Oee Nagisa, Adorei a resenha, espero futuramente poder assistir este anime, Bom, sobre a parceria , se ainda estive disposta entre em contato via email. Xau Beijos.

    ResponderExcluir

一 Respeito é bom e todo mundo gosta;
二 Palavras de baixo calão completamente livres;
三 Por favor, pedidos de afiliação apenas pela página de amigos;
四 Todos os comentários são vistoriados antes de serem publicados;
五 Não esqueça de deixar o link do seu blog no final do comentário ♥;