Respirando números

Como eu já citei em vários posts, ultimamente eu tenho estado muito ocupada com a escola e outros afazeres da vida. Lendo alguns posts da blogosfera e parando um pouco para refletir sobre minha própria vida, reparei que muita coisa irrelevante acontece em um curto período de tempo, e por incrível que pareça, as pessoas gostam de ler e ouvir sobre o que não é relevante e tampouco importa para elas. 


O que eu ando a fazer é basicamente estudar, estudar, dormir e estudar. Percebi que desde o ano passado, eu me desliguei muito do mundo à minha volta, tanto na vida real quanto na internet. Chego tão cansada da escola que depois que almoço, a primeira coisa que eu faço é me jogar na minha macia e cheirosa caminha e tirar um cochilo meio hibernação. Eu ainda (não acho que ainda seja a palavra mais adequada, porque eu sinto como se fossem milênios - mas o importante é entender a premissa) estou no primeiro trimestre e já me sinto completamente exausta e acabada. Mas o pior disso tudo é que eu sei que relaxei e que não estou me esforçando o suficiente! E isso é muito, mas muito péssimo. Sigam a linha de raciocínio: primeiro trimestre = menos matéria para estudar, menos trabalhos para fazer e uma carga de responsabilidades muito menor do que no final do ano, chance de aproveitar a oportunidade de se sair bem e poder ficar mais tranquila nas provas seguintes. Segundo e terceiro trimestre = toda a matéria do ano acumulada para estudar, mais trabalhos para fazer, carga de responsabilidades imensamente maior e a única chance que você tem é de fugir para a Etiópia antes que sua mãe veja o seu boletim. Até aí tudo ok, o único problema é que eu não estou indo tão bem quanto deveria :B Acho que já comentei, mas tirei 10 em Geografia e essa será provavelmente a única nota acima de 8 que eu irei tirar, e com as provas trimestrais chegando...isso significa me fuder em dobro. Eu sinto um peso enoorme na consciência quando não estudo o suficiente e deixo uma lição para fazer depois (pensamentos de "e se não der tempo?"), mas quem disse que a preguiça me deixa fazer algo a respeito? Ah, mas essa nem é a parte ruim. Se eu estivesse atolada de outras coisas realmente significantes para fazer, isso era até compreensível, mas não tenho absolutamente NADA. A sério, nada mesmo!

Isso me preocupa profundamente pois eu acho que estou enfim a sentir a pressão de estar em uma posição em que você precisa ter o triplo de responsabilidade e administrar várias coisas ao mesmo tempo. Aquele medo constante de não conseguir e deixar as coisas piorarem - quando sua única escolha é conseguir. Abandonei os animes e livros, raramente leio mangás (e quando leio tenho que aproveitar a oportunidade para ler tudo de uma vez) e eu só tenho duas opções: ou eu durmo mais do que estudo ou estudo mais do que durmo (e nas duas situações eu explodo e vou dessa para melhor -ou pior, vai saber). Maaas, mesmo passando por tudo isso, eu quero me forçar a aguentar a situação até tomar vergonha na cara e decidir priorizar o que deveria ser prioridade. Porque afinal, eu decidi que queria continuar com o blog e me esforçar nos estudos, e vou continuar buscando meu objetivo. Por isso, apenas aguardem! Pode ser que eu não consiga resolver tudo, mas vou dar meu jeito.


Quanto às aleatoriedades da minha vida, há pouco sobre o que falar (na verdade nem tanto). Não lembro exatamente quando, mas torci o pé esses dias e a explicação é simplesmente inexplicável (?), não foi coisa de Deus q. Também peguei uma gripe muito forte e esse foi um dos motivos pela ausência de posts, eu estava tão mal que mal conseguia levantar da cama. O pior é que eu ficava com falta de ar porque não conseguia respirar direito, mas já estou melhor agora. Ademais, eu venho escrevendo posts como nunca. Acho que já tenho uns 8 ou 9 como rascunho. Vocês não sabem o quanto eu estou sofrendo para escrever tudo aquilo *morre*. Acho que é a primeira vez que me empenho tanto em fazer algo para o blog, ando tão inspirada ultimamente que até o próximo layout eu já fiz - que se posso dizer, está uma fofurinha. Dia 07/04 eu tive uma prova de História, que não foi exatamente difícil, mas muito longa. Eu sempre me dei muito bem em História, o problema é o tempo que eu tenho para fazer a prova. O novo professor adotou um método de fichas, ele digita tudo como uma prova e nos entrega, e junto com ele nós vamos preenchendo os espaços enquanto ele explica algumas coisas. Eu nunca consegui absorver direito o que era dado oralmente, eu sempre preferi ler e estudar silenciosamente, porque assim, caso eu não entendesse algo, era só voltar e ler quantas vezes precisasse. Só que nessas fichas a maior parte do conteúdo era mais didático/técnico, sem detalhes e todo o resto era falado para o professor. Ou seja, fudeu triplamente para mim. Mas o problema não era nem esse, é que eu tive que estudar 7, 7 FUCKING fichas com duas páginas frente e verso cada uma! E é claro, todas com matérias diferentes mas que se misturavam de alguma forma =] Me desesperei? Me desesperei. Quase que eu morro tentando estudar tudo aquilo? Quase. Mas consegui. Não, teria conseguido...se...não faltasse uma pergunta! Ç_Ç Pô vida, por quê fazes isso comigo?! 15 linhas para 5 perguntas dissertativas (sendo que fiz tipo com umas 20 porque vai que né) e 5 questões múltipla escolha. TAVA TUDO CERTO GENTE, tudo certo, mas é claro que naquelas benditinhas de assinalar, tinha que ter textos enormes e sem nexo. Se eu acertar ao menos uma, mamãe vai ter que me dar uma recompensa significativa, porque foi duro. Foi duro, produção *chora*
08/04 - Isso que eu vou contar agora aconteceu no dia 7, para falar a verdade, mas a ordem dos fatores não altera o produto. Bem, eu e minha classe sempre temos o privilégio de ficar na "melhor" sala, todos os anos...é incrível. Quando finalmente o universo acerta e caímos em uma sala onde o teto não está mofando, os dois ventiladores funcionam e é super ventilada, nos deparamos com um acontecimento imprevisível: trocam a nossa salinha maravilhosa com a do terceiro médio (3º ano do colegial), ao lado da nossa, suuuuper ventilada com as janelas viradas para a quadra, emitindo todo o barulho de fora e inclusive das obras que estão fazendo no pátio e mais uns 10 fatores nada favoráveis ~joinha aqui~. Também tive prova de espanhol e a professora de Português não me deixou estudar na aula dela ç.ç cuzona (não estávamos fazendo nada). Mas tem um lado bom em tudo o que aconteceu hoje, era a apresentação de um grupo de um trabalho de OPEE (provavelmente ninguém conhece e não to a fim de explicar, joga no google) e fizemos um porta lápis super bonitinho. *cof* Quero dizer...o meu ficou bonitinho *cof*. Apesar de ter queimado meu dedo umas cinco vezes com cola quente, fiquei orgulhosa. Escolhi fazer o meu de tecido e o forrei com um tecido azul com umas florzinhas muito meiguinho, depois colei uma rendinha embaixo e uma fita com um lacinho na frente - me deixem com a minha gayzisse. Foi uma coisinha bem simples e fácil de fazer, mas é um bom modo de reciclar latinhas <3.
09, 10 e 11/04 - Nada de realmente relevante aconteceu. Sábado saí com a minha mãe para comer e passei o resto do dia na casa de uma amiga (que na verdade estava dando mais atenção para o oxigênio do que para mim) e domingo eu fui ao shopping me encontrar com uma tia ^_^ Ela vai se mudar para o interior de SP, então vive viajando para ver como as coisas estão lá na construção da casinha dela. Eu não me interesso muito por esse tipo de coisa mas gosto de acompanhar. Me sinto muito feliz por ela, porque alguns meses atrás ela estava super mal e com depressão, pois digamos que onde ela mora agora não é um local muito agradável...e ela queria muito mesmo terminar tudo logo. Mas agora ela está bem melhor e super animada ♥. E segunda, bem...apesar de rezar mais de 10 ave-marias e 15 pai-nossos, o que eu mais temia aconteceu: 4,9. 4,9 em matemática. No primeiro trimestre. [...] Eu ainda estou tentando superar, então não vamos falar muito sobre isso, 'kay? A princípio minha mãe nem ficou irritada, só bolada mesmo...mas como minha linda mãezinha é de gêmeos, já sabem né? Isso mudou rapidinho. Então é, partiu estudar o dobro HEUHEUHE.

Booom~ Aqui começa a segunda parte do post, então basicamente isso é um edit -q 
Muita coisa relevante aconteceu nessa semana, mas o foco principal vocês já sabem: provas trimestrais. Apesar de eu ter estudado muuuuuito mesmo, não consegui tirar uma nota boa em matemática.  No entanto, graças à minha intelectualidade elevada, consegui tirar 10 na nota de participação (que nem é de participação, é a soma da nota dos positivos e negativos que eu ganho pelos exercícios feitos) e não vou ficar de recuperação!! ~dança~ E surpreendentemente, fui até que bem em algumas provas que pensei ir muito mal! Consegui tirar 7,5 em espanhol na mensal, então não estou muito preocupada com a tri...minhas notas em PT (tchau querida) e Ciências foram boas também, grazadeus. Tirei outro 10 em Geografia e em Inglês! Agora a única coisa que me preocupa é História. Por quê? Resumidamente, despediram o professor sençoal e maravilhoso que nos dava aula. O problema é que as provas dele eram muito difíceis e como temos um novo prof agora..bom, fica um pouco difícil acompanhar as aulas, e admito que estou com um pouco de medo das próximas provas...é horrível estudar para uma prova sem ter uma "base" dela. Mas mesmo que eu tire vermelha nas duas, acho que a escola é obrigada a passar todo mundo...não tem cabimento isso.
Minha mãe deu um rage louco quando viu minha nota de Matemática, e agora está pensando em me colocar em um cursinho (nota: dito cujo começa amanhã) para que eu consiga entrar em uma escola técnica ano que vem. Cara, cursinho é bom sim...mas tão em cima da hora?! Além de que ele é preparatório para uma escola específica, que meus caros, eu pretendo passar bem longe. Mesmo que vá me ajudar em matemática um pouco, ainda assim, acho isso um pouco injusto. O problema não é a matéria, e sim o professor; ano que vem eu já me livraria dele, e além disso, é algo que vai influenciar no meu futuro. Poxa, eu quero prestar medicina! Por quê diabos eu faria um curso de T.I, por exemplo? E ainda há muito tempo para pensar nisso, eu posso mudar de ideia, quem sabe =/ Não existem garantias de que vou continuar com a ideia de ser médica ou de que vou passar. Acabo ficando bem estressada com tudo isso, o que obviamente só piora meu desempenho. O pior é que mesmo estando tão preocupada, minha mãe continua enchendo minha orelha como se EU não estivesse nem aí. Quando algo entra na mente dessa mulher, parece até que ela tá possuída...

 Enfim, enquanto meu futuro ainda não é definido, gostaria de compartilhar com vocês a minha dor pelo meu fone ter parado de funcionar. Não foi só um lado não, foram os dois. Como é o plugue que está com problema, dá para dar uma amassadinha ali, colocar em uma posição estranha aqui e ele funciona (um dos lados), mas é chato ficar arrumando o tempo todo...Deus, o que eu fiz para merecer isso? Estou precisando de férias, urgentes. E se já estou assim no começo do ano, imagina no final...E o Lys ainda foi atropelado...só pra vocês sentirem o drama

6 comentários:

  1. Oe ~
    A escola está ocupando muita preocupação minha mesmo... eu entendo seu problema com matemática porque eu também tenho ele, há 3 anos eu não consigo tirar uma nota acima da média em qualquer prova dessa maldita matéria (a única que consegui foi esse ano e foi só um décimo acima da média). Você não tem ideia de como isso me estressou nos últimos anos.

    Sua rotina parece estar muito estressante também... eu vejo um monte de adultos dizendo que sentem falta da escola/adolescência e que gostariam de voltar à esse época e que a gente não sabe como é bom e eu fico tipo ???????, não sei como viver preocupada porque não consegue aprender uma matéria mesmo que estude dia e noite todo dia sabendo que seu futuro pode depender disso. Tipo, super legal. Adoro essa pressão.
    Ok, vou falar uma coisa sobre mim que eu tenho um pouco de vergonha de admitir: eu não sou de estudar MUITO para as provas. Há alguns anos eu NEM estudava (dá até um medinho/vergonha de lembrar). Hoje eu estudo sim, mas eu acho muito maçante ficar sentada lendo algum conteúdo que eu PRECISO lembrar. Eu até vou escrevendo o que eu leio para ficar melhor pra mim porque se eu só ler é capaz de dormir enquanto estudo. Eu consegui passar em todas as provas que eu já tive mas a maioria foi por pouco, só uns 3 ou 4 décimos acima da média, então eu não estou nada feliz. Aqui o sistema de notas é meio merda, cada trimestre tem duas provas pra cada matéria, a primeira vale 4,0 (com média 2,8) e a segundo 3,0 (com média 2,1) e tem os trabalhos etc. E a maioria das minhas notas ficaram entre 2,9-3,2, isso me deixou pra baixo, consegui só um 4,0 (em uma matéria fácil), um 3,8 e um 3,6 (e um 3,4 mas eu não acho isso grande coisa) e o resto foi mais baixo, mesmo que eu tenha passado. Eu também me cobro muito.
    Cara, precisa de muita matemática no tipo de carreira que eu gostaria de seguir e por isso eu tenha estado MUITO nervosa, eu sou uma bosta horrível em matemática, eu ficava de recuperação sempre e peguei exame final em dois anos por causa dessa matéria. Na última prova que teve eu me assustei muito, chutei um monte de questões. E agora minha vontade é só passar em matemática no trimestre, nem que seja com um 7,1 (no boletim a nota vai até 10 mesmo), eu só preciso passar e no resto eu dou um jeito. Eu gostaria de ir melhor em todas as matérias mas esse sistema tradicional de estudo simplesmente não serve pra mim e eu acho que pra um monte de pessoas também não.
    Até em ciências que eu sou boa consegui tirar só 3,2 e foi por causa das malditas questões de matemática que teve.

    Quero dizer que espero que você vá bem nas provas, tenha bons resultados e passe de ano bem... porque eu passo por algo parecido e sei como é horrível. Eu presto atenção na aula, faço os exercícios, anoto tudo que o professor fala, estudo e mesmo assim não consigo ir bem. Isso é tão sufocante. Parece que quando você quer alguma coisa a vida dá um jeito de foder tudo. Vejo tantas pessoas na blogosfera dizendo que tiraram notas bem altas em várias matérias que eu fiquei com medo de ser a única com dificuldade.
    Boa sorte, sério, boa sorte mesmo, é horrível se sufocar por causa de provas.
    E te desejo um fone de ouvido novo também :v
    ~ Maze

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Hye!
      Eu sei bem como isso é, tirando uma prova de um capítulo só que tive ano passado, não consigo tirar uma nota maior que 7,0 em Matemática há mais de 3 anos! Isso é muito frustrante, por mais que eu me esforce, o professor sempre dá um jeito de foder com tudo na prova e dificultar as coisas!
      Meu professor é um bosta que quer ver o circo pegar fogo, e mesmo com 90% da classe indo relativamente mal, a coordenadora não está nem aí e se recusa a mudar de professor! Por quê? Ah, ahahahaha! Porquê ele é amiguinho dela, é claro!
      Não consigo entender esses discursinhos dos adultos, para mim tudo isso aí é papo furado. Mesmo que eles estejam se referindo à parte de curtir com os amigos e tals, ainda assim fico sem entender! Minha mãe não me deixa fazer nada e quer que eu me concentre apenas e sempre nos estudos. Diferente daqueles filminhos americanos, minha adolescência não está repleta de sonhos realizados, amigos, notas altas e curtição! De uns dois anos para cá, minha vida se resume basicamente em estudar e só estudar! Passar em Matemática meio que se tornou meu objetivo de vida, o que não devia ter acontecido, pois cara!!!!!! Eu NÃO posso me focar 100% nisso, tem outras coisas que preciso fazer também! Não posso e não consigo!
      Eu também não era muito de estudar até entrar no fundamental II, a partir daí as coisas começaram a ficar tensas e a pressão 10 vezes maior. Também odeio estudar, não consigo estudar por mim mesma, sabe? Odeio admitir isso, mas se não tem uma finalidade, eu não consigo sentar e ler o mesmo conteúdo por horas consecutivas, tentando decorar cada miníma palavrinha ¬¬ Esse esforço é desnecessário, sério! É importante aprender? É, mas eu não preciso me desgastar pra isso! Depois que você se forma na faculdade, puft, subitamente toda essa pressão some e você só tem que focar naquilo que é requerido no seu emprego, e não em como descobriram que o comprimento de uma circunferência divido pelo seu diâmetro é sempre igual a PI.
      Ando bem chateada com minhas notas também, mesmo tendo passado na maioria. Aqui é assim, tenho duas provas de cada matéria por trimestre (tirando trabalhos), valendo 10 cada uma. No fim do trimestre, eles somam essas notas e dividem pelo número de provas/trabalhos que tive. A média é 6. Para passar de ano, você precisa somar 18 pontos para cada matéria (ou seja, ficar com no mínimo 6 na média de TODAS as matérias). Sério, não vale a pena passar por todo esse sufoco, mas é sempre a mesma coisa! Isso me irrita! Sinceramente, tenho raiva quando uma pessoa que nem estuda consegue tirar nota azul em matemática ou passar de ano, da mesma forma que uma pessoa que se mata de estudar.
      Eu não comentei no post, mas na minha prova de Ciências, eles juntam Química e Física. Eu consegui acertar todas de Química, mas tirei vermelha porque errei todas de Física - que envolviam cálculos.

      Obrigada Hye, eu desejo o mesmo para você! Para nós Ç.Ç Exatamente! E não importa o quanto você se esforce, vai continuar indo mal...não sei se o problema sou eu, mas parece que quando eu acho que o conteúdo está firme na minha mente, eu me ferro completamente! Isso é sufocante, demais. Seu sentimento é recíproco, sinto muita inveja desse povo da blogosfera que consegue passar de boas, às vezes só de prestar atenção na aula :V
      AHSUHAUSHUAHS Thanks, estou precisando </3
      Boa sorte para nós, o jeito é ter a esperança de que as coisas vão melhorar (mesmo sendo uma ilusão) e tentar se focar nos trabalhos e lições :S

      Beijinhos amora :'*

      Excluir
  2. Hellou Shouko-san~
    ~aquele momento peso na conciência por ter passado aqui muitas vezes, lido o post inteiro e não comentado, sim, essa sou eu ;-;~

    Coisas irrelevantes acontecem o tempo todo, não há como evitar, ela pode relevante ou não, depende da pessoa, se ela está envolvida naquilo ou não, tipo o post de ~vou usar o nome Jacky~ Jacky quando estava na bad para ser relevante para pessoas com quem ela tem uma ligação, porém, irrelevante para alguém que nem conhece ela…

    Um dia eu sofrerei como ti, mas ainda estou no 7° ano, então, claro que eu não sou lotada de lições ~mas claro que eu dou um espaço para uma das professoras que no 1° bimestre passou trabalhos até cansar~ mas tenho algumas coisas, mas como ~a trouxiani~ madruga, ela ganha, digamos, um tempo extra para diversão, além, de fazer lições de casa na sala e pá, mas né ~normal no meu universo, isso vai acontecer até eu não ter tempo pra nada~

    Mas como eu sei, as coisas vão piorar lá faltando uns 2 ou 3 meses pra acabar o ano ~trabalhos, provas impossíveis e que eu vou precisar estudar -pq eu não estudo em prova-, matérias que você não entendeu, e mais trabalho ahsjshahahsha~ Espero mesmo que ti concilie seus estudos, vida social e virtual, porque monamour, tá tenso pra ti viu~

    Na melhor sala? Que sorte, eu sempre caio na pior sala, e tipo, encontro uma ou duas pessoas inteligente ;-; ~é tenso mano, é tenso~ daí eu acabo sendo o exemplo quando alguma professora dá dando bronca em aluno ~odeio isso, o pior é que todo mundo fica te encarando ;-;~
    Moça, tô louca pra ver o novo layout, adoro layouts fofos ~também adoro lays clean, dark, responsivo, aliás, que tipo de layout eu não adoro?~

    Nossa man, trocar assim de sala, parece aquelas reviravoltas de quando parece que vai dar tudo certo, mas vem o destino e diz "hahahah, ora de ferrar um pouco as coisas por aqui" A minha sala já é meio bosta, toda ferrada, feia, fico do lado da janela quebrada ;-; Pelo menos tem dois ventiladores e os dois funcionam ╯﹏╰ ~só isso também >-<~

    Não deixou? Nossa q paiaça, por isso eu faço as coisas e os professores nem percebem ~le começou e terminou o desenho de Artes em dois dias só nos tempos que davam nas aulas na sala~

    Parabéns por suas notas ~exceto matemática pq nér...~ Na sua escola tem aula de espanhol? Na minha só tem inglês .-. ~like a pobreza~ Despediram? Potz merda ~sençoal? tava crushando o professor ahsuahsajhhahs~ Você quer cursar medicina? Que legal cara, T.I. meio que num tem nada haver .-.

    Desculpe o comment pequeno ~BUT, de acordo com o wattpad foram 467 palavras usadas~

    Kissu, [click me]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi oi Mi-chan! Seja muito bem vinda (novamente) ヽ(● ̄(エ) ̄●) ノ
      Ahsuhaush é verdade.
      7º? Aaaaaaah, tudo faz sentido agora q. Eu pensei que você estivesse no mesmo ano que eu, estou um pouco surpresa (*゚ロ゚) Bom, espero que você continue indo bem! Antigamente eu não era muito de estudar (não que eu seja hoje, mas...), e acabei me ferrando legal. Você sabe, em matemática, por exemplo, uma matéria leva a outra...e você vai usar absolutamente TUDO nos próximos anos. Tem coisa que aprendi no sétimo e que só consegui entender agora, assistindo videoaula =/ Prepara-se para o 9º ahsuhaush

      Ai mulher, não diga isso...as coisas já estão ruins por aqui, logo no primeiro trimestre AHUSHAUHSU Obrigada, tá tenso mesmo *chora* ç.ç

      Er...na verdade eu estava sendo meio sarcástica, AHUAHEUHEUEH Ano passado eu fiquei simplesmente na pior sala ever...e quando eu estava no sexto, fiquei em uma sala tão quente...e o sol pegava diretamente em mim...Eu era muito tímida e reservada, então mesmo quando um professor perguntava se eu queria mudar de lugar, eu ficava lá, com uma cara de tacho -q Mas eles normalmente me faziam sair, porque acho que meu corpo e alma pediam por socorro, eles viam isso nos meus olhos ಥ_ಥ ahsuhaushauh Na minha sala só tem gente burra, mas acho que me encaixo nesse grupo às vezes também Q
      Awwwn, fico feliz! Não está muito diferente desse, mas as cores são bem harmoniosas e tá tudo tão fofo! <3 Mas está um pouco menos chamativo~

      Pois é, é o destino acertando uma pedrinha na minha testa com a mensagem escrita "haha, otária, eu disse que daria o troco"...Saudades da minha linda sala :c
      AHUSHAUHSU Obrigada! Matemática é um caso à parte, né, tudo bem então...heh
      Sim, tenho espanhol desde o sexto ano! É bem legal, mas às vezes fico meio confusa com o tanto de regras..."mimimi se tiver 3 vogais juntas troca o i por y mimimi" -q Felizmente consegui tirar um 8,5 na trimestral ( ´ ▽ ` ) Obrigada kami-sama, buda-sama ou seja lá quem me observa lá de cima...(ou de baixo...parei)
      QUE? A real pergunta deveria ser "quem não crusharia ele?" Fiquei bolada, mas o novo é legal também.

      Sim, bem, é o que está nos meus planos até agora! Apesar de ter meus motivos para querer fazer medicina, talvez eu mude de ideia...portanto não quero me prender muito a isso. Espero escrever um post para o blog daqui uns anos dizendo algo como "entrei na faculdade galerê, aehoooo /o/" <3

      Pequeno? Tá ótimo! Fico muito feliz com seus comentários ^.^
      Beijinhos!

      Excluir
  3. nossa olha o tamanho desses comentários acima!por um momento me senti tentado a não comentar nada pois o que eu tenho para comentar é algo bem curto e de importância duvidosa.() ̄□ ̄)/enfim quanto ao que disse sobre chegar da escola e dormir isso foi meu maior problema a alguns anos atrás e apesar de dedicar grande parte do meu tempo aos estudos eu sentia que não havia progredido nem um pouco e minhas notas as vezes eram as mesmas de quem nem tentava,eu cheguei a ter constantemente o pensamento "isso só acontece comigo,eu nunca vou conseguir fazer esse tipo de coisa" e a critica dos pais por mais que bem intencionada nessa situação não ajuda em nada,no meu caso o que me ajudou foi quando eu finalmente tive meu sono e objetivo para o futuro,com uma imagem clara do futuro que se deseja acredito que se torna impossível não ser capaz de progredir até pelas matérias mais chatas (estou olhando para você matemática~),mas eu sinto que você esta no caminho certo para superar essa fase horrível que aparece para poucos, alias eu cheguei de repente no seu blogue hoje mesmo de penetra então espere me ver de vez em quando comentando algumas besteira (╯°□°)╯enfim acredito que era isso que tinha para falar,boa sorte nos estudos e que você consiga achar tempo para fazer tudo que deseja!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kite, seja bem vindo (´。• ᵕ •。`) ♡
      Todo comentário me deixa imensamente feliz, então não precisa se preocupar com o tamanho ^u^
      É realmente algo difícil, está sendo bem complicado passar por isso, mas eu acredito que aos poucos vou conseguir atingir meus objetivos (?). Infelizmente parece que quanto mais eu me esforço, menos eu consigo um bom resultado...é muito difícil, Matemática é sem dúvidas o meu maior problema e eu não consigo progredir em nada! Mesmo que eu tenha estudado, entendido a matéria e tudo o mais, quando chega na prova, sempre me deparo com algo que me desestabiliza, sabe? :c HEHEHEUHEUH Penetras são sempre bem vindos, vou ficar esperando o/
      Obrigada pelos conselhos e por se dar ao trabalho de comentar, me animou bastante para continuar tentando! <3

      Excluir

一 Respeito é bom e todo mundo gosta;
二 Palavras de baixo calão completamente livres;
三 Por favor, pedidos de afiliação apenas pela página de amigos;
四 Todos os comentários são vistoriados antes de serem publicados;
五 Não esqueça de deixar o link do seu blog no final do comentário ♥;